Saltar al contenido

Cambiar

Foto

OFICIAL | "O Outro Lado do Paraíso": Con Bianca Bin, Rafael Cardoso, Sérgio Guizé, Marieta Severo, Grazi Massafera, Lima Duarte, Fernanda Montenegro, Laura Cardoso, Nathalia Timberg y Gloria Pires. Novela de Walcyr Carrasco.

Walcyr Carrasco Rede Globo

  • Please log in to reply
384 respuestas a este tema

#361
Caique

Caique
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Chile
Yo siento que a veces a Guizé le sale la voz como el tono que tenía Candinho :memeo:



#362
Milana

Milana
  • Sexo:Mujer

Yo siento que a veces a Guizé le sale la voz como el tono que tenía Candinho :memeo:

 

Me cuesta ver a Guizé como el malors aparte le encuentro cara de weón. 



#363
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Elizabeth :ira:

Me sorprendió todo :diosmio: intuía que moría el esposo pero mató por accidente al "amante" :ira:


#364
Caique

Caique
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Chile
Que macabro el suegro de Beth :ira:


#365
Caique

Caique
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Chile
Samuel con ese labial :negraalpiso:

  • A MandyWCE le gusta esto

#366
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Samuel con ese labial :negraalpiso:


Para mí que Walcyr se proyecta en él :juajua:

  • A Caique y MandyWCE les gusta esto

#367
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Laura Cardoso cada vez mas una Marlon Brando maduro femenina por su estilo de actuación :riqueza:

Mauro Mendoca Filho se las manda :willy: La escena de Livia hoy con el de la gasolinera en manos del Lobo Maya por ejemplo habría quedado grotesca demais :xD:

  • A Marcelo y Milana les gusta esto

#368
MandyWCE

MandyWCE
  • Sexo:No especificado
  • Ubicación:Vitória, ES - Brasil
  • Intereses:Telenovelas, séries, peliculas, musica y todo de la cultura pop en general.

El labial :wtf: :ungato: :negraalpiso:

 

 

El famoso labial :ungato:



#369
Mahler

Mahler
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Mansão Mahler
MORTO con el comeback del labial :ajuajua:

  • A MandyWCE le gusta esto

#370
Milana

Milana
  • Sexo:Mujer

Laura Cardoso cada vez mas una Marlon Brando maduro femenina por su estilo de actuación :riqueza:

Mauro Mendoca Filho se las manda :willy: La escena de Livia hoy con el de la gasolinera en manos del Lobo Maya por ejemplo habría quedado grotesca demais :xD:

 

Me acuerdo que a la Marieta Severo la entrevistaron en prensa escrita antes que VS saliera al aire pero se sabía que Fanny iba a tener escenas de sexo con Anthony y le preguntaron que si se sentía incómoda por la edad y todo eso y respondió que Maurinho era un gran director y lo iba a hacer de manera sutil y elegante. Mauro Mendonca Filho trabajó en la primera novela de la Tía con la Gloria ( Partido Alto el 84 que fue vendida al exterior pero fue fiasco de rating ) y trabajó de asistente de dirección en Vale Tudo y O Dono do Mundo. Me acordé de ustedes que en el programa de la Fátima Bernardes estaba invitado el Lobo Maya hace unas semanas vestido de jeans rotos  :pordios:.


  • A jonatan le gusta esto

#371
Milana

Milana
  • Sexo:Mujer
thumb-mauricio-stycer.png Blog do Mauricio Stycer

Seguir

  •  
  •  
  •  

Categorias 

Histórico 

 
 
 
Trama de O Outro Lado do Paraíso lembra filme americano; Globo nega plágio
3

Mauricio Stycer

06/11/2017 17h44

olpelizabethnatanael.jpg
Uma das tramas principais de “O Outro Lado do Paraíso”, o drama que envolve a personagem Elizabeth (Gloria Pires), tem muitos pontos de contato com “Madame X”, um melodrama francês, escrito para o teatro por Alexandre Bisson, em 1908, e adaptado inúmeras vezes para o cinema.

Na novela de Walcyr Carrasco, Elizabeth é uma mulher de origem humilde que se casou com um diplomata Henrique (Emilio de Mello), com quem tem a filha Adriana (Lara Cariello). Seu sogro, Natanael (Juca de Oliveira), julga que ela não está à altura do filho e da posição de embaixatriz. Por isso, arma uma armadilha para ela.

Com a ajuda de Jô (Barbara Paz), Natanael consegue que Elizabeth se aproxime e se envolva com Renan (Marcello Novaes). O empresário, porém, morre acidentalmente diante dela. O sogro aproveita a situação para chantageá-la e a convence a forjar a própria morte para não ser presa.

madamexlana-300x291.jpgTodo este enredo soa familiar para quem assistiu à mais famosa adaptação de “Madame X”, o filme com o mesmo título, de David Lowell Rich, de 1966, protagonizado por Lana Turner como Holly Parker e Ricardo Montalban como o amante, que morre acidentalmente.

Quem chantageia a personagem é sua sogra, Estelle (Constance Bennett). Ela sabe que a nora é inocente, mas vê na situação uma oportunidade para afastá-la do filho. E a solução encontrada é a mesma que veremos esta semana em “O Outro Lado do Paraíso”: a personagem de Lana Turner simula a própria morte em um passeio de barco, deixando o marido, Clayton Anderson (John Forsythe) e o jovem filho pensando que ela morreu..

Vou poupar o leitor que não conhece “Madame X” dos desdobramentos deste enredo – um drama bem pesado. Mas, desde que a trama de Elizabeth na novela foi esboçada, inúmeros espectadores notaram que já a conheciam. Cito dois que me procuraram: Edenilson Lazaro e Luis Viches. Mas a reclamação pode ser encontrada nas redes sociais e nos perfis oficiais dedicados à novela.

Na visão da Globo, não há plagio. Em resposta a um questionamento do blog, a emissora respondeu: “A novela é produzida com base nas criações originais realizadas sob encomenda da TV Globo aos seus contratados. Como em toda obra, eventualmente podem existir referências comuns ao universo dramatúrgico.”

Na minha opinião, as semelhanças com “Madame X” vão além de “referências comuns ao universo dramatúrgico”. Parece inspiração pura e simples. Aliás, não é a primeira vez que Carrasco se inspira em obras prontas para escrever novela. A diferença, no caso, por exemplo, de “Êta Mundo Bom”, é que a Globo comprou os direitos de “Candinho”, filme de Mazaroppi, e deu crédito.

 



#372
Milana

Milana
  • Sexo:Mujer

Com tantos astros, quem são os protagonistas de "O Outro Lado do Paraíso"? 2.0k Nilson Xavier 07/11/2017 07h00 Glória Pires (reprodução) Em três semanas no ar, Walcyr Carrasco já desenrola de forma atraente o novelo de “O Outro... - Veja mais em https://nilsonxavier...mpid=copiaecola



#373
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Beth :nuttycry:


#374
Mahler

Mahler
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Mansão Mahler
Caso Waack x Novela das 9: combate ao racismo ou reforço do preconceito?

ooutroladodoparaiso_reproducao13.jpg

Um bom exemplo de realidade refletida na novela: na noite em que repercutia o vazamento do vídeo com uma fala racista de William Waack (que lhe custou o afastamento do Jornal da Globo), a novela O Outro Lado do Paraíso exibiu mais cenas da personagem Nádia (Eliane Giardini) proferindo impropérios racistas contra a empregada Raquel (Érika Januza), preta pobre do quilombo, que namora seu filho branco e rico, Bruno (Caio Paduan). Não foi um confronto direto, mas nem Waack foi direto ao motorista que o incomodou com sua buzina.

Até pouco tempo, o Jornal Nacional noticiava embates entre policias e bandidos em morros cariocas seguidos por sequências de A Força do Querer em que policiais de Jeiza (Paolla Oliviera) enfrentavam traficantes liderados por Sabiá e Rubinho (Jonathan Azevedo e Emílio Dantas). A telenovela brasileira, reconhecida no mundo pelo seu viés realista, parece perseguida pela realidade. Mas não. Violência urbana, racismo e tantas outras mazelas sociais sempre estiveram escancarados à nossa frente. A ficção não cria a realidade, reflete enquanto ela acontece.

À medida que a sociedade pressiona e a Globo se movimenta para condenar atos como o de William Waack, há de se refletir até que ponto a trama de Raquel x Nádia é realmente combativa ou se simplesmente reitera o racismo latente. Pela milionésima vez, uma novela aborda a trama da negra pobre que se apaixona pelo branco rico, sofre um calvário nas mãos de racistas para, ao final, ser feliz com seu príncipe que é branco e rico. Após décadas sem representatividade em novelas, a não ser papeis de escravos ou de subalternos sem importância (com raras exceções), já não era para termos superado a fase negra pobre que se apaixona pelo branco rico como se ela precisasse do aval de um branco para ser aceita, tanto pela cor quanto pela condição social?

malhacao_tempodeamar.jpg

Todas as outras produções da Globo atualmente no ar também apresentam tramas que abordam questões raciais. Malhação, Viva a Diferença exibiu nos últimos capítulos a sequência em que o rapaz negro Fio (Lucas Penteado) é abordado por seguranças em uma festa de maioria branca por ser negro e pobre. Há ainda o romance proibido entre Tina e Anderson (Ana Hikari e Juan Paiva). Na novela das seis, Tempo de Amar, outro romance proibido, entre Edgar e Olímpia (Marcello Melo Jr. e Sabrina Petráglia), inclusive pela mãe negra do rapaz que é casada com um branco. A novela das seis uma trama de época tem ainda outros personagens negros, mas todos em funções subalternas a única exceção é o núcleo de Edgar. A novela das sete, Pega Pega, já exibiu várias sequências envolvendo racismo, através do núcleo familiar de Cristóvão (Milton Gonçalves).

Neste momento sinistro de nossa sociedade, em que todas as formas de ódio têm ganhado cada vez mais vozes, é preciso pensar a maneira como temas como o racismo são abordados em nossa Teledramaturgia. De nada adianta simplesmente reproduzir a realidade fala de Waack no Jornal da Globo x fala de Nádia na novela das 9. Afirmar que isso acontece todos os dias é apenas repetir um discurso como um papagaio: é cômodo, não agrega e não promove a reflexão. A negra pobre da novela das 9 que se apaixona pelo branco rico é combativo ou apenas reforça estereótipos e reitera o preconceito? É útil, é inútil ou é um desserviço?

A trama de Raquel em O Outro Lado do Paraíso está apenas começando. Espera-se que ela saia do lugar comum e avance para além desse discurso batido e cansativo. Já estava na hora da Teledramaturgia fazer seu mea culpa por décadas e décadas de estereótipos cristalizados.

https://nilsonxavier...do-preconceito/


#375
Caique

Caique
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Chile
El nuevo look de Bianca Bin :pordios:
Ya quiero que acabe pronto esta fase, quiero ver la venganza :sabremos:


#376
Mahler

Mahler
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Mansão Mahler
O paraíso distante da novela das 21h da Globo

estela.jpg

A mocinha, Clara (Bianca Bin), apanhou dia sim, dia não nas primeiras semanas de O outro lado do paraíso. Mal os hematomas desapareciam, Gael (Sergio Guizé) atacava novamente. Em algum momento ela despertará para a impossibilidade de viver com um homem tão intratável. O que não significa que vá parar de sofrer: escapará do marido violento, mas um hospital psiquiátrico a aguarda. Pobre Clara. Enquanto estiver desaparecida, seu avô, Josafá (Lima Duarte), se desesperará. Ele sabe que a família de Gael não é bolinho e entendeu que escapou de um atentado tramado por Sophia (Marieta Severo), fixada na mina de esmeraldas de sua propriedade.

Falando em Sophia, no núcleo dela, fica um dos debates da trama de Walcyr Carrasco: o preconceito em relação aos portadores de nanismo. Estela (Juliana Caldas) é vítima de bullying por parte da própria mãe. Seu dia a dia é tão terrível quanto o de quase todos os personagens da novela que são alvo de discriminação. Entre eles, estão Raquel (Érika Januza), por ser negra e empregada doméstica, e Nicácio (Fábio Lago), que é gay. Os que maltratam têm lá sua dose de amargura e um exemplo disso é Samuel (Eriberto Leão). Ele vive no armário e tenta fazer jus ao que a mãe espera dele (que seja um machão de cartilha).

O outro lado do paraíso, além de triste, ganha o campeonato da incidência de personagens negativos por metro quadrado. O enredo, por ora, parece travado. O contraponto a isso não é a criação de um núcleo cômico, mas, sim, um investimento no desenvolvimento das tramas. Pode ser que a segunda fase opere essas mudanças. O público vem reclamando nas redes sociais e ele tem toda razão.

Patricia Kogut

Editado por Mahler, 14 noviembre 2017 - 05:18 hrs..


#377
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Me dio pena el viejito que ayudó a Beth cuando no la encontró en la casa :oprah:


#378
Mahler

Mahler
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Mansão Mahler
O que falta

Normalmente realizado em torno do capítulo 30, o grupo de discussão de O outro lado do paraíso foi antecipado e já aconteceu esta semana em São Paulo. Segundo as entrevistadas na pesquisa, faltam alegria e personagens positivos na trama de Walcyr Carrasco.

Líder de novo

Em sua terceira semana de exibição, O outro lado do paraíso voltou a liderar o ranking dos programas mais vistos da Globo no PNT (a média nacional) com 28,9 pontos. Na semana anterior, a trama de Walcyr Carrasco tinha ficado em segundo lugar, com 28,4, atrás do futebol, 29. Números do Ibope.

Patricia Kogut


#379
Mahler

Mahler
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Mansão Mahler
Depois de grupo de discussão, Globo corta cenas de 'O outro lado do paraíso' para atrair o público

eriberto-leao-rc.jpg

Depois de adiantar a pesquisa de O outro lado do paraíso, como noticiado aqui, a Globo faz cortes na novela. Do capítulo desta sexta-feira, 17, foram suprimidas várias cenas e incluídas outras, previstas para sábado, 18. A ação foi acelerada nos núcleos de Samuel (Eriberto Leão), Suzy (Ellen Rocche), Duda (Gloria Pires), Josafá (Lima Duarte) e Mercedes (Fernanda Montenegro).

Nesta quinta-feira, 16, o elenco recebeu capítulos com adendos e uma carta do diretor artístico da novela, Mauro Mendonça Filho, explicando as mudanças. O retorno de Clara (Bianca Bin), depois que ela escapar da clínica psiquiátrica, por exemplo, será adiantando.

Normalmente realizado em torno do capítulo 30, o grupo de discussão da trama de Walcyr Carrasco foi antecipado e já aconteceu esta semana em São Paulo. Segundo as entrevistadas na pesquisa, faltam alegria e personagens positivos.

A Globo, em nota, diz que "ajustes para adequar o tamanho do capítulo escrito pelo autor (número de páginas) ao tempo real que cada capítulo tem no ar não são incomuns em novelas. Quando se inicia o trabalho de edição é que isso se acerta melhor. Assim, essencialmente o que está acontecendo é que Walcyr Carrasco, que tinha escrito capítulos maiores, agora está ajustando o tamanho do texto à duração do capítulo no ar."

Patricia Kogut


#380
jonatan

jonatan
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

La historia de Beth/Duda (Gloria Pires) es lo que mas me ha interesado hasta el momento. A pesar de lo folletinesco me han sorprendido los giros y obvio la actuacion de la Pires :willy:

También desde el punto de vista estetico y formal (desde el vestuario hasta la direccion artistica) la puesta en escena medio texana mezclada con la ruralidad latinoamericana ha coincidido muy bien con el texto de Walcyr:xD: ahi Mauro Mendoca Filho ha sabido potenciar ese estilo sin perder su personalidad

y me cargo que el personaje de Laura Cardoso haya durado tan poco u.u






También se etiquetó con una o más de estas palabras clave: Walcyr Carrasco, Rede Globo

1 usuarios están leyendo este tema

0 miembros, 1 invitados, 0 usuarios anónimos