Saltar al contenido

Cambiar

Foto

[Lado a Lado] Con: Marjorie Estiano, Camila Pitanga, Thiago Fragoso, Lazaro Ramos, Patricia Pillar, Rafael Cardoso, Alessandra Negrini, Cássio Gabus Mendes, Isabela Garcia, Werner Schunemann, Maria Padilha, Caio Blat


  • Please log in to reply
336 respuestas a este tema

#1
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg




Rio de Janeiro, 1904. Em Botafogo, Laura (Marjorie Estiano) está prestes a se casar, mas sem muito entusiasmo. Ela e o noivo, Edgar (Thiago Fragoso), namoraram antes dele embarcar para Portugal, onde foi estudar direito. Antes de ir, num impulso apaixonado, Edgar a pediu em casamento. Laura aceitou, porém, passados quatro anos, nenhum dos dois tem tanta certeza de seus sentimentos. O casamento se realizará mais por insistência das famílias do que dos noivos.

Laura e Edgar não poderiam ter sonhos mais diferentes. Ela, inteligente e idealista, não quer se tornar uma dona-de-casa, nem mulher de sociedade, quer continuar os estudos, trabalhar, ser independente. Apesar da oposição da família, principalmente, da mãe, Dona Constância (Patrícia Pillar), Laura quer ensinar, passar o gosto de ler para crianças, e ambiciona, em segredo, escrever, tornar-se escritora. Já Edgar preferia ter adiado o casamento e ficado mais tempo em Portugal. Um dos motivos que o prende em terras lusitanas, entretanto, ele não revela à família. Apesar de advogado, Edgar enveredou mesmo foi para o jornalismo. Em Lisboa, já iniciara a sua carreira, em um jornal da cidade. Trabalhava como jornalista investigativo, fazendo denúncias sociais. Mas seu pai, o senador Bonifácio (Cássio Gabus Mendes), quer o filho no Brasil, assumindo os negócios da família, na fábrica Vieira, no lugar do seu irmão mais velho, Fernando Vieira (Caio Blat), cujo trabalho como diretor da fábrica lhe desagrada.

Bonifácio quer Edgar dirigindo a fábrica para se dedicar mais à carreira política, além de outros negócios. Com a demolição de cortiços promovida pelas obras do governador Pereira Passos, avenidas serão construídas na intenção de modernizar a cidade. Bonifácio comprou no passado terrenos de Assunção (Werner Schünemann) e Constância por um valor irrisório, aproveitando a crise financeira da família, sabendo de antemão que esses terrenos iriam ser muito valorizados, após as reformas de Pereira Passos. Além disso, se tornou sócio de uma companhia de bondes que conseguiria a concessão para funcionar depois da construção das avenidas. Bonifácio não hesita em tirar vantagem da família Assunção. O ele que não imagina é que Constância, ao descobrir que foi passada para trás, lhe cobrará algumas compensações, entre elas, um emprego público para o seu marido, Alberto Assunção, no governo de Pereira Passos, e, mais tarde, o seu ingresso na carreira política. Assim, os dois vilões entram num jogo de gato e rato incrementado por uma forte atração física entre eles.

Enquanto Edgar e Laura vivem seus dramas individuais, incertos em relação a seus destinos como casal, outro casal, em outro ponto da cidade, tem outros rumos. Isabel (Camila Pitanga), doméstica, e Zé Maria (Lázaro Ramos), auxiliar de barbeiro, são apaixonados e cheios de sonhos. Eles têm a certeza de que se amam e ficarão juntos para sempre. Mas estão prestes a viver um drama social, que influenciará para sempre suas vidas. No cortiço onde moram, crescem os boatos de que este pode ser invadido pela polícia e demolido em questão de semanas, ou de dias. Sinal dos tempos. De um novo Rio que está nascendo. Os ares insalubres das moradias coletivas não combinam com o novo ideal de uma cidade cosmopolita ou, mais especificamente, parisiense.

Apesar da tensão crescente no cortiço, Zé Maria e Isabel preferem adiar a preocupação por alguns dias. Querem curtir a felicidade do casamento, acreditar num futuro melhor. Prometem ao pai de Isabel, o Seu Afonso (Milton Gonçalves), um barbeiro boa gente, que pensarão numa solução após o casamento. Apesar de muito preocupado, Seu Afonso assente, em consideração aos noivos. Desde que a menina ficou órfã de mãe, criou a filha sozinha e não poupa sacrifícios para vê-la feliz. A cerimônia na igreja, por exemplo, quase acabou com suas economias, mas ele não esconde o orgulho. Sobretudo por gostar muito do noivo, seu colega de barbearia. O que Seu Afonso não sabe, nem mesmo a noiva Isabel, é que José Maria, também conhecido como Zé Navalha, é capoeirista. Zé esconde por uma boa razão: naquele tempo, a capoeira não era considerada um esporte, mas uma arma com a marca da marginalidade. Na verdade, Zé Maria não podia ser mais "do bem": ganhou o apelido de Navalha não por desferir golpes mortais, e sim pela profissão de barbeiro.

Essas duas moças de origens diferentes vão se conhecer na igreja, no dia seguinte, já em seus vestidos de noiva. O casamento de Isabel atrasa bastante, por um motivo inesperado a todos: o noivo não aparece. Apesar de inconformada, Isabel é obrigada a desistir de esperar Zé Maria. Quem a pressiona e se mostra indignada com o atraso é Dona Constância, já que o casamento de sua filha Laura está marcado para logo depois. Assim, Isabel, a noiva apaixonada, será "abandonada" no altar. E Laura, a noiva claudicante, vai se casar com pompa e circunstância.

Mas Isabel não foi abandonada. A caminho da igreja, Zé Maria foi interceptado como Zé Navalha. Caniço (Marcelo Mello Jr.), um amigo capoeirista veio avisar que o cortiço será derrubado. A polícia está a caminho. O grupo dos capoeiras pretende interceptá-la e impedir a invasão, uma reação desesperada para algo que, naquele momento, parece tão somente uma perseguição aos pobres - coisa que, em tempo, veremos não ser. Zé Maria vai preso enquanto Isabel espera por ele na igreja. Em meio à angústia da espera e a discussão com Constância, ela não percebeu que um rapaz a seguia com os olhos hipnotizados: Albertinho (Rafael Cardoso), filho de Dona Constância e irmão de Laura. Na verdade, o jovem é um boêmio janota, que ficou encantado pelo charme brejeiro e pela beleza da moça do cortiço.

O encantamento de Albertinho por Isabel, bem como a destruição de sua casa, trarão diversas reviravoltas na vida da moça. O casamento de Edgar e Laura também enfrentará diversos empecilhos. Não só os diferentes desejos profissionais de ambos, mas a chegada de Catarina (Alessandra Negrini), antigo amor português do rapaz, abalará a vida do jovem casal. Passam-se seis anos e Isabel irá trabalhar em uma companhia teatral e Laura dará aulas no interior do estado.





Isabel - Camila Pitanga

Zé Maria - Lázaro Ramos

Laura - Marjorie Estiano

Edgar - Thiago Fragoso

Constância - Patrícia Pillar

Dr. Assunção - Werner Schünemann

Albertinho - Rafael Cardoso

Afonso Nascimento - Milton Gonçalves

Caniço - Marcello Melo Jr

Berenice - Sheron Menezzes

Jurema - Zezeh Barbosa

Percival - Rui Ricardo Diaz

Etelvina - Lais Vieira

Isidoro - Tião D´Ávila

Bonifácio - Cassio Gabus Mendes

Margarida - Bia Seidl

Fernando - Caio Blat

Diva Celeste - Maria Padilha

Mario Cavalcanti - Paulo Betti

Frederico Martins - Tuca Andrada

Neusinha - Maria Clara Gueiros

Luciano - André Arteche

Eliete - Maria Eduarda

Carlos Guerra - Emílio de Mello

Luiz Neto - Romis Ferreira

Jonas - George Sauma

Praxedes - Guilherme Piva

Tereza - Susana Ribeiro

Sandra - Priscila Sol

Eulália - Débora Duarte

Umberto - Klebber Toledo

Teodoro - Daniel Dalcin

Madame Besançon - Beatriz Segall

Celinha - Isabela Garcia

Carlota - Christiana Guinle

Alice - Juliane Araújo

Catarina Ribeiro - Alessandra Negrini

Padre Olegário - Claudio Tovar




































































CONTENIDO OCULTO
Cenografia e produção de arte

Nove meses antes da estreia, Nininha Médicis, produtora de arte de Lado a Lado, e sua equipe já estavam em campo em busca de objetos e materiais que retratassem o período.

Museus, livros e muitas visitas a antiquários e feiras de antiguidades fizeram parte da agenda no período de pré-produção. Muitos objetos precisaram ser confeccionados especialmente para a novela, pois já não existem mais para serem comprados.

Cada detalhe foi estudado, pensado para que o telespectador pudesse realmente conhecer os hábitos de antigamente. Laura (Marjorie Estiano) é uma apaixonada por literatura e para criar o seu ambiente, a equipe comprou muitos livros em sebos. Alguns deles foram restaurados e ganharam capas novas. A produção fez muitos postais pois era costume das moças da época fazer coleções sinetes com monogramas e marcadores de livros.

Em 1904, além de bicicletas e carroças, bondes e carruagens circulavam pelas ruas do Rio. E a produção de arte restaurou sete modelos de carruagens, que ganharam novos estofados, capotas, cortinas, lampiões e vidros. Na cidade cenográfica que reproduz a Rua do Ouvidor, vendedores ambulantes de miudezas, de bengalas e guarda-chuvas, de flores, de doces serão incorporados ao cenário.

Muito frequentadas pela elite, as confeitarias faziam sucesso no Rio de Janeiro, assim como na França. Para a Confeitaria Colonial, construída na cidade cenográfica, a produção de arte trabalhou desde a sugestão do nome, passando pela criação da logomarca, sua impressão nas louças, os centros de mesa, os cardápios e as comidinhas servidas na época.

Lado a Lado mostrará duas realidades distintas em um momento de transformações da cidade. Para os cenários dos ricos, serão usadas muitas garrafas de cristal, lamparinas, lampiões, castiçais, perfumeiros, espelhos, gomis. Para os pobres, muito barro, palha, caixotes de madeira, trouxas de roupas, bacias e baldes. A produção mandou, ainda, fazer tábuas de lavar roupa como as utilizadas pelas lavadeiras daquela época, assim como pregadores de roupa feitos de bambu.

No primeiro capítulo, um carnaval de rua agita a trama. Para montar o cenário - nas ruas do centro histórico de São Luís - foram encomendados instrumentos musicais como os usados na época, assim como confetes e serpentinas. Para ornamentar a rua, foi usado aproximadamente 1km de bandeirinhas feitas em tecidos, fitas e flor. A cenografia entrou para colocar portas de madeiras cobrindo os vãos dos casarios coloniais e reconstituindo as construções para que ficassem como as de antigamente.

Quem circula hoje pela Rua do Ouvidor, no Centro do Rio de Janeiro, nem deve lembrar que, no início do século XX, ela era a rua mais chique e badalada da cidade. Era lá que as mulheres compravam artigos finos vindos da França e da Inglaterra, onde estavam as maiores e melhores lojas, os teatros, os jornais, as confeitarias. Na Rua do Ouvidor via-se a influência parisiense que pairava pela cidade, o charme da Belle Époque que conquistava os brasileiros.

Na cidade cenográfica - conceituada pelo cenógrafo Mário Monteiro - todo esse universo foi retratado em 2.550m2, sendo 10 metros de rua, com 10 lojas, a Confeitaria Colonial, o Bar Guimarães, o jornal Correio da República, a barbearia onde trabalham Seu Afonso (Milton Gonçalves) e Zé Maria (Lázaro Ramos) e, ainda, o Teatro Alheira. A iluminação, assim como na época, será com postes a gás e, posteriormente, passarão a ser com luz elétrica. Toda a Rua do Ouvidor será reconstruída em computação gráfica, com um backlot em 3D.

A Confeitaria Colonial, a barbearia e o Bar Guimarães, cenários importantes da trama, terão interiores. Os demais prédios serão apenas fachadas. Em uma área de 200m2, a Confeitaria terá um mezanino e uma ambientação mais sofisticada, com 10 mesas de quatro lugares cada espalhadas entre os dois andares.

Primeira favela a surgir no Rio de Janeiro, o Morro da Providência também será recriado em cidade cenográfica.

A história se passa no período em que a arquitetura vivia o movimento da estética, da art déco.

Figurino e caracterização

"Era uma época de muita poesia". Foi assim que Beth Filipecki, figurinista responsável por Lado a Lado definiu o período em que se passa a novela. E para vestir o elenco que mistura núcleos de ricos e pobres - bem definidos pelas roupas que usavam - Beth e sua equipe montaram um acervo com cerca de 900 peças. Cores, formas, texturas e volumes distinguiam as classes sociais.

O que era moda na França e na Inglaterra, também fazia sucesso entre o povo por aqui. O Brasil estava no momento de seguir os moldes importados. Para as mulheres, um fino acabamento, acessórios, cores leves e muitas flores em organza e seda. Para deixar a roupa luxuosa, usava-se muito linho e tecidos finos. Já os homens, mesmo com o forte calor do Rio, optavam por tendências vindas da Inglaterra, como ternos em lã.

O figurino feminino das altas classes era composto por diversas camadas de roupas, fazendo com que a mulher mudasse sua postura, ficasse com o corpo mais firme. Para adotar esse visual chique, elas usavam luvas, chapéus com muitas ornamentações, sombrinhas e, nos pés, calçavam botinhas. As mais pobres ambicionavam ser como as mais abastadas e copiavam suas roupas, mas com uma costura mais simples.

Constância, personagem de Patrícia Pillar, é o exemplo de um figurino mais sofisticado, mais elegante e com mais leveza. Os vestidos foram feitos com muitas rendas, em cores claras, com transparências.

A jovem Laura (Marjorie Estiano) é uma moça de atitudes modernas e seu figurino acompanha isso.

Para o elenco do núcleo pobre, a equipe do figurino trabalhou bem as roupas para que as peças carregassem informações, parecessem gastas, velhas, muito usadas. Para isso é necessário um tinturamento especial, um envelhecimento e um desgaste.

As mulheres dessa classe social ousavam mais nos decotes, suas roupas eram como panos amarrados ao corpo, recosturados, emendados. Nos pés, dificilmente usavam sapatos.

No Teatro Alheira, Diva Celeste (Maria Padilha), Neusinha (Maria Clara Gueiros), Mario Cavalcanti (Paulo Betti) e Frederico (Tuca Andrada) tem um figurino mais contrastante com os demais, com mais cor, mais decotes, babados, volumes. “Nesse núcleo pudemos ousar mais. Os personagens tem mais liberdade, são mais exagerados, com teatralidade. Tudo neles pode ser chamativo, enfeitado”, contaa figurinista

Foi assistindo aos filmes “The Golden Ball” e “As Melhores Intenções”, que Carmen Bastos, supervisora de caracterização de Lado a Lado inspirou-se para compor os looks dos personagens da novela.

Os cabelos das mulheres no início do século XX eram, em geral, presos. Chapéus entravam para compor o visual e serviam como símbolos de ostentação. As mais ricas importavam da França e, quanto mais plumas, flores e ornamentações, mais chique era. Presilhas, pentes e fitas também eram muito usados nas madeixas.

Do núcleo rico, todas as atrizes usam meia peruca. Os cachos eram a moda da época, mas a direção da novela está trabalhando com um conceito bastante natural e a caracterização não deixará os cabelos rígidos.

Patrícia Pillar clareou os cabelos para viver Constância. Marjorie Estiano usará um penteado semi preso para Laura. Já Camila Pitanga passará, diariamente, por um processo de quase duas horas de preparo do cabelo para viver a jovem Isabel: toda a parte da frente será frisada, deixando-o mais crespo.

Zezeh Barbosa e Sheron Menezzes, que interpretam Jurema e Berenice, respectivamente, usam muito torso amarrando os cabelos, o que era muito comum para os negros daquela época.

Para os homens, barba, cabelo e bigode são quesitos fundamentais para um visual de classe. Os mais ricos os mantém bem feitos, com o maior rigor. Thiago Fragoso, embora jovem, usa barba com cabelos bem escovados e claros.

A maquiagem quase não aparece em Lado a Lado. Com o calor do Rio, a ideia da caracterização é deixar o brilho natural da pele, evitar o pó, usando apenas um blush cremoso quando necessário. Nos lábios, o batom será apenas aplicado com os dedos, exatamente para não ter um contorno perfeito.

Liberdade maior poderá ser vista no núcleo do Teatro Alheira, onde a equipe da caracterização pôde ousar com muitas perucas e apliques de bigodes e cavanhaques para os homens. O mesmo acontece com a maquiagem, que ganha cor e brilho.












CONTENIDO OCULTO
Novela sucessora de 'Amor eterno amor ' já está em pré-produção

“Amor eterno amor” nem entrou no ar, mas a novela que sucederá à trama de Elizabeth Jhin no horário das 18h, na Globo, já está em pré-produção. “Lado a lado” é o título provisório do folhetim de Cláudia Lage e João Ximenes Braga. O diretor de núcleo Dennis Carvalho já começou as sondagens para o elenco.

...E mais

Maria Clara Gueiros — que trabalhou com Dennis e explodiu como Bibi em “Insensato coração”— está cotadíssima para fazer sua primeira vilã. Com isso, deve deixar para trás a imagem associada ao humor.

...Finalmente

André Arteche, que viveu o gay Julinho em “Ti-ti-ti”, também foi sondado para um papel na novela. Ele faria par romântico com Maria Clara. As gravações estão previstas para o segundo semestre.

Patricia Kogut wink.gif



Editado por Clóvis, 27 septiembre 2012 - 15:46 hrs..



#2
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Gilberto Braga volta ao trabalho

Ainda se recuperando de uma cirurgia cardíaca, o novelista recebe Contigo! em casa horas antes da virada do ano e mostra que já está caminhando

Ver 2012 chegando teve um significado especial para o novelista Gilberto Braga, 65 anos. O último ano ficará marcado como o período em que enfrentou um dos maiores obstáculos de sua vida. Em agosto, ele finalizou o sucesso Insensato Coração. Pouco depois, em outubro, descobriu um aneurisma na aorta e passou por uma cirurgia no coração para colocar um stent (prótese para facilitar o fluxo sanguíneo nas veias). O autor ainda não está 100%, mas, antes da meianoite do dia 31, recebeu CONTIGO! em seu apartamento no Arpoador e mostrou que se recupera a cada dia.

''Faço fisioterapia de manhã e à noite porque estou com dificuldade de locomoção devido a uma complicação no pós-operatório.'' Na época, especulou-se que ele teria sofrido um acidente vascular encefálico, o que foi desmentido pela Rede Globo. ''O importante é que já consigo caminhar pelo apartamento'', completou ele, se desvencilhando da cadeira de rodas que ainda usa em alguns momentos.

A volta por cima de Gilberto já inclui um novo projeto. ''Estou supervisionando a novela do João Ximenes Braga e da Claudia Lage. Ainda vou ler um bloco de capítulos hoje'', disse referindo-se a Lado a Lado, trama das 6 prevista para estrear no segundo semestre de 2012. Gilberto, que sempre viaja a Paris para comemorar seu aniversário, em 1º de novembro, e para passar o Ano-Novo, dessa vez ficou em casa, mas já dá mostras de que será por pouco tempo.

Contigo.com.br wink.gif


#3
bitter_sweet

bitter_sweet

    Forista Gold

  • Usuari@ en Invierno
  • 23.982 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:SantiAsco!
  • Intereses:Música. Cine. Literatura. Escritura. Deporte. HIIT. Bici.
ohmy.gif

"Lado a Lado" era el nombre que iba a tener "Insensato Corazón"!!! impactoenelgato.gif

Estaremos frente a un discípulo de Braga???!!!!!!! mm.gif


#4
Santi.

Santi.

    Analizando la programación

  • Usuari@ en Invierno
  • 9.187 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Montevideo,Uruguay.
El supervisor será Braga negra.gif


#5
bitter_sweet

bitter_sweet

    Forista Gold

  • Usuari@ en Invierno
  • 23.982 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:SantiAsco!
  • Intereses:Música. Cine. Literatura. Escritura. Deporte. HIIT. Bici.
Todo pasando oye con las novelas de las seis ah!

Y las de lasoscho opra.gif


#6
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Novela

Maria Padilha está cotada para “Lado a lado”, novela de João Ximenes Braga e Cláudia Lage, dirigida por Dennis Carvalho, que vai ao ar às 18h na Globo. O papel reservado para a atriz é um dos principais da história.

Patricia Kogut wink.gif


#7
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
CITA(Clóvis @ Feb 9 2012, 14:07) <{POST_SNAPBACK}>
Novela

Maria Padilha está cotada para “Lado a lado”, novela de João Ximenes Braga e Cláudia Lage, dirigida por Dennis Carvalho, que vai ao ar às 18h na Globo. O papel reservado para a atriz é um dos principais da história.

Patricia Kogut wink.gif


Dinora tie.gif

Si está cotada para uno de los papeles principales significa que estará durante toda la novela Hein38.gif


#8
jonatan

jonatan

    Soy opinólog@ de Fotech

  • Usuari@ en Invierno
  • 5.938 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Maria Padilha es muy selectiva diva.gif
Ultimamente ha tenido solo participaciones especiales en las de Braga...su vuelta con todo a los Novelas entonces

Ojalá que Braga esté 100% recuperado


#9
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Patrícia Pillar é convidada para protagonizar novela das seis

De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, Patrícia Pillar foi convidada para integrar o elenco de "Lado a Lado" (título provisório), novela que será exibida no horário das 18h a partir de setembro.

A atriz, que está afastada da telinha desde "A Favorita" (2008), está negociando com o diretor Dênnis Carvalho.

Por enquanto, a trama que será escrita pelos estreantes João Ximenes Braga e Cláudia Lage tem os seguintes nomes confirmados: Maria Padilha, Lázaro Ramos, André Arteche e Maria Clara Gueiros.

O Planeta TV wink.gif


#10
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Camila Pitanga: "Quero outro filho"

A atriz prestigiou o último desfile da SPFW, nesta terça-feira (24)

Camila Pitanga esteve na Bienal do Ibirapuera para o último desfile da São Paulo Fashion Week, nesta terça-feira (24). "Estava no backstage e o frenesi é absurdo. A moda brasileira não deve para nenhum lugar do mundo. Eu gosto de roupas coloridas. Estou vestida de André Lima, que tem uma modelagem incrível".

A atriz disse que não pretende voltar à TV tão cedo. "Estou sossegada. Nem comecei a gravar, não posso falar muito. Farei uma novela das 18 horas. Não será a próxima, só a depois da próxima", disse, sobre a trama de João Ximenez, que estreará em 2013.

Simpática, ela conversou com a imprensa sobra a filha após o último desfile do evento. "Antonia está muito bem, com 3 anos e meio, está linda.Ela não pede um irmãozinho, definitivamente. Ela já tem a Maria Luiza, de 13 anos, (filha do ex-marido, Cláudio Amaral Peixoto).

Questionada se está solteira, respondeu, aos risos "No coments". Mas pretende aumentar a família. "Quero outro filho". E contou como se sente. "Estou cheia de energia, com vontade de me alimentar e me alimentando bem, sem ansiedade".

Camila conta que em abril estreia o filme "Eu Receberia as Piores Notícias dos seus Lindos Lábios", no qual interpreta Lavínia, uma prostituta, que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema do Rio. "Toda mulher exerce vários papeis. Essa personagem, que vive dividida entre dois amores, não tem nada a ver comigo, mas é muito intensa".

A atriz falou ainda sobre a boa forma. "Eu tenho uma boa alimentação e pratico atividade física. Eu me cuido. Um dos problemas das pessoas é o efeito gangorra e sanfona. Eu já fiz reeducação alimentar no passado".

Na ocasião ela também dividiu alguns segredos de beleza. "Vivo bem e acho que isso ajuda a pele, não sou uma pessoa de badalações, sou mais de ir ao teatro, ao cinema."

Revista Quem wink.gif


#11
Santi.

Santi.

    Analizando la programación

  • Usuari@ en Invierno
  • 9.187 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Montevideo,Uruguay.
nutty.gif

Vuelve a las 6 a lucirse como lo hizo con Rose diva.gif


#12
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
CITA(jonatan @ Feb 9 2012, 18:19) <{POST_SNAPBACK}>
Ojalá que Braga esté 100% recuperado


Al parecer está bien porque el otro día lo vi batendo perna no calçadão gaia.gif


#13
bitter_sweet

bitter_sweet

    Forista Gold

  • Usuari@ en Invierno
  • 23.982 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:SantiAsco!
  • Intereses:Música. Cine. Literatura. Escritura. Deporte. HIIT. Bici.



acariciando.gif

Lo mejor del elenco de Braga en plena en esta teleserie. Me gusta xD


#14
Gus_22

Gus_22

    Sí, veo tele... es mi vida, ¿ok?

  • Usuari@ en Invierno
  • 475 Mensajes
¿Lado a Lado? janin.gif

Ahora van a poner siempre ese título para despistar, parece... ajuajua.gif

Editado por Gus_22, 11 febrero 2012 - 00:29 hrs..


#15
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Alessandra Negrini cotada para novela das 18h, na Globo

Dirigida por Dennis Carvalho em “Paraíso tropical”, em 2007, Alessandra Negrini deverá voltar às novelas para repetir a parceria com ele. A atriz está cotada para “Lado a lado”, produção das 18h escrita por João Ximenes Braga e Cláudia Lage.

Patricia Kogut wink.gif


#16
тiтeяe

тiтeяe

    Doy puntos de ráting

  • Usuari@ en Invierno
  • 7.007 Mensajes
Alessandra Negrini nutty.gif


#17
jonatan

jonatan

    Soy opinólog@ de Fotech

  • Usuari@ en Invierno
  • 5.938 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Santiago

Pongan en el Subtítulo que será supervisada por el Maestro Braga cool.gif


#18
bitter_sweet

bitter_sweet

    Forista Gold

  • Usuari@ en Invierno
  • 23.982 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:SantiAsco!
  • Intereses:Música. Cine. Literatura. Escritura. Deporte. HIIT. Bici.
Alessandra Negrini me encanta.

Me conquistó plenamente en PT.

Parece que Braga no le tiene mucha simpatía. Pero pa mi ella es braguiana totalmente, me encantaría volver a verla en un clásico papel de villana arribista en una nueva novela del maestro.

Pero lo dudo xD


#19
Santi.

Santi.

    Analizando la programación

  • Usuari@ en Invierno
  • 9.187 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:Montevideo,Uruguay.
Negrini nutty.gif

Pillar vs. Negrini,que buen enfrentamiento diva.gif


#20
Clóvis

Clóvis

    Forista V.I.P.

  • Usuari@ en Invierno
  • 32.740 Mensajes
  • Sexo:Hombre
  • Ubicación:West Egg
Novela de época

Isabela Garcia vai estar na próxima novela das 18h, “Lado a lado”.

Patricia Kogut wink.gif





3 usuarios están leyendo este tema

0 miembros, 1 invitados, 0 usuarios anónimos


    Bing (2)